Cortejo do Bonfim é marcado por sincretismo e alegria

24/01/2016

 

Na manhã de domingo (24), após dias chuvosos, até o sol marcou presença para homenagear o Senhor do Bonfim. Ele estava lá quando o cortejo de baianas, charangas e grupos culturais, partiu do Parque da Cidade, por volta das 10h, e continuou presente até o fim do percurso de 3,5 km, com a chegada no Largo do Bonfim, em Mata de São João.

 

Quem comandou o cortejo foi o grupo das baianas, como manda a tradição. Cerca de 300 mulheres participaram da homenagem, mostrando uma renovação do grupo, por conta do grande número de rostos jovens. “Isso é o que interessa para a gente, passar a tradição dos velhos para os mais novos”, comentou satisfeita a baiana Silvia.

 

 

O radialista Jorge Gentil, que participa da festa desde que se mudou para a cidade há 14 anos, também seguiu o cortejo. “Sou neto de africana e essa é uma homenagem que nós prestamos a Oxalá, que corresponde ao Senhor do Bonfim. É com muita fé que homenageamos nossos ancestrais”, afirmou Jorge.

 

Para o prefeito Marcelo Oliveira, o sincretismo religioso presente na festa é uma parte importante da história de Mata de São João. “A nossa história é feita de tradições e acho que preservar essa festa faz parte da nossa cultura”, disse.

 

 

Em 2016, a Lavagem do Bonfim completou 260 anos de tradição, sempre marcada por muita fé e alegria.

Please reload

Notícias Em Destaque

Edson Gomes atrai multidão em show irreverente na sexta do Bonfim

February 8, 2020

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

FIQUE LIGADO
REALIZAÇÃO
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle